Terapia cognitiva

Terapia cognitivo-comportamental

Introdução

Desde nosso nascimento e durante todo o nosso desenvolvimento, vamos, através das nossas experiências de vida, construindo crenças que são nossas verdades absolutas, às vezes rígidas e inflexíveis.

São as crenças centrais que determinam o modo como a pessoa vê a si mesma, vê os outros e o futuro. Elas promovem as crenças intermediárias que, por sua vez, promovem os pensamentos automáticos.

Definição de TCC

A terapia cognitiva comportamental (TCC) entende que não são as situações que determinam as emoções e os comportamentos de um indivíduo, mas sim, as interpretações que esse indivíduo faz dos fatos. Para isso, trabalha com o modelo cognitivo.

Modelo cognitivo

Vamos utilizar a imagem de uma árvore para exemplificar melhor. A árvore contém: raiz, tronco e folhas:

  • A raiz representa as crenças centrais que estão sendo construídas em nós desde o nosso nascimento, pelos nossos pais, avós, escola e tudo que faz parte do nosso meio ambiente. As crenças centrais funcionam como filtros para as situações que vivenciamos a cada momento.
  • O tronco da árvore representa as crenças intermediárias que são sustentadas pelas crenças centrais. Crenças intermediárias são as atitudes, regras e suposições, que frequentemente vem com a palavra “Se” na frente: “ Se eu não for uma pessoa boa para todos, então ninguém vai gostar de mim.” Essas são as estratégias que a pessoa aprendeu para lidar com as crenças centrais de desamor, desvalor e desamparo.
  • As folhas representam os pensamentos ou imagens automáticos, que surgem sem controle do indivíduo. Podem ser funcionais ou disfuncionais, influenciando a maneira como a pessoa sente e como vai se comportar.

Atuação do terapeuta

O psicólogo com a vertente da TCC atua na reestruturação cognitiva, através de técnicas que vão ensinando o paciente a treinar e identificar esses pensamentos disfuncionais, flexibilizando essas crenças centrais, encontrando assim maneiras mais adaptáveis para enfrentar e resolver seus problemas.

Quem pode se beneficiar da TCC?

Vários quadros tem grande benefício com a terapia cognitivo-comportamento. Podemos citar, entre eles:

  • Depressão maior
  • Transtorno de ansiedade generalizada
  • Transtorno de pânico
  • Dependência química (tabagismo, etilismo, cocaína, crack, entre outras)
  • Fobia social
  • Fobia específica
  • Transtornos sexuais e parafilias
  • Anorexia e bulimia nervosa
  • Transtornos de personalidade (borlerline, histriônica, antissocial)
  • Transtorno bipolar

Psic. Rosa Maria Rodrigues de Lima

Leia mais sobre outros quadros:

Marque agora mesmo sua consulta. Estamos prontos para ajudar. 

  • Telefone: 4726-6251
  • Agendamento online – clique aqui
Comentários

O que deseja encontrar?

Compartilhe

Share on facebook
Share on linkedin
Share on google
Share on twitter
Share on email
Share on whatsapp

© Desenvolvido com pelo iMedicina. Todos os direitos reservados.