A enurese é comum na infância

Enurese – quando o xixi na cama é um problema?

Introdução

A enurese, ou a micção involuntária / inconsciente de urina, é um quadro que ocorre em 10% das crianças aos 7 anos de idade. Porém, quando se atinge a adolescência, 90% dessas crianças não apresentam mais sintomas.

A grande maioria dos casos é funcional, ou seja, não há um problema no sistema urinário que justifique a perda de urina durante a noite.

O que é enurese?

Ela é definida como:

  • Uma criança maior que 5 anos de idade
  • Que se molha de modo intermitente durante o sono
  • Sem uma causa orgânica (sem alterações no sistema urinário)

Quem é afetado pela enurese?

  • É de 2 vezes mais comum em meninos
  • Conforme a idade avança, a frequência de pessoas acometidas vai diminuindo
    • 10% das crianças aos 7 anos de idade
    • 1% dos adolescentes
    • 0,5% dos adultos

Como a enurese se expressa?

É comum a criança com enurese apresentar um sono pesado, com dificuldade para acordar. Isso faz com que ela não consiga levantar a tempo quando vem a vontade de fazer xixi. Além disso, é comum um volume de urina aumentado a noite (molha bastante a cama).

Por que a enurese aparece?

  • Até 80% das crianças com enurese tem algum parente com o mesmo quadro
  • Existe um fator genético importante
  • Pode ocorrer uma variação na secreção do hormônio ADH (hormônio antidiurético) nessas crianças
  • Fatores emocionais como separação e divórcio dos pais podem colaborar com o início do quadro

Que doenças ou transtornos podem estar presentes nesses casos?

A enurese pode se associar com:

  • Déficit de atenção e hiperatividade
  • Ansiedade de separação
  • Transtorno de ansiedade social
  • Fobia específica
  • Ansiedade generalizada
  • Depressão
  • Transtorno opositor desafiador

Como é feito o diagnóstico?

O diagnóstico é feito por um psiquiatra com experiência na área da infância e/ou por um pediatra. Ele é baseado na história clínica, exame físico e, em alguns casos, podem ser solicitados exames de urina ou ultrassonografia de trato urinário para descartar causas subjacentes.

Como se trata a enurese?

No tratamento de enurese, a medicação sempre é deixada para última escolha, quando houve falha no tratamento com as medidas comportamentais.

O tratamento somente é feito em crianças a partir de 5 anos de idade, visto que essa idade é necessária para se fazer o diagnóstico.

Algumas medidas podem resolver até 20% dos casos e sempre devem ser realizadas:

  • Diminuir líquidos durante a noite e concentrar a ingesta durante o dia
  • Sempre que for ao banheiro fazer xixi, ficar pelo menos 15 minutos sentado, de modo relaxado (fazendo atividades que gosta)
  • Não punir a criança quando molhar a cama (palmada, chacota, castigo) – não gera melhora do quadro e é possível até que intensifique os sintomas!
  • Não cortar líquidos durante o dia (somente reduzir o líquido oferecido à noite)
  • Evitar medicações oferecidas por pessoas leigas ou que funcionaram com outra criança – na infância, há um risco maior de efeitos colaterais e nem toda medicação é permitida em algumas faixas etárias

Caso não haja melhora, a criança deve passar em avaliação psiquiátrica para um melhor direcionamento terapêutico.

A taxa de remissão dos sintomas é alta.

 

Dr. Jonathan R. Dionizio

Psiquiatra

CRM 150.753

Leia mais sobre outros quadros:

Marque agora mesmo sua consulta. Estamos prontos para ajudar. 

  • Telefone: 4726-6251
  • Agendamento online – clique aqui
Comentários

O que deseja encontrar?

Compartilhe

Share on facebook
Share on linkedin
Share on google
Share on twitter
Share on email
Share on whatsapp

© Desenvolvido com pelo iMedicina. Todos os direitos reservados.